PEDFORE

terça-feira, 17 de julho de 2012

Pesquisa Sócio antropológica Impulsiona trabalho pedagógico na escola Luiz Carlos Ceconello

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

PPP/PDE digital movimenta Escola Luiz Carlos Ceconello em Lucas do Rio Verde-Mt.


Relato Construção Coletiva PPP/PDE Escola Luiz Carlos Ceconello ano 2011.

Sabendo da importância da Construção coletiva do PPP/PDE agora digitalizado a Escola Estadual Luiz Carlos Ceconello do município de Lucas do Rio Verde, estabeleceu com a comunidade escolar o processo de construção coletiva deste documento.
Segundo relato da coordenadora da escola professora Sônia o primeiro passo foi identificar qual a identidade desta comunidade com esta finalidade no inicio do ano letivo ainda na semana pedagógica as gestoras estabeleceram as ações para esta construção, embora nesta ocasião a escola contasse apenas com alguns professores efetivos.
Elaboraram então a primeira ação para inicio de março do corrente ano “pesquisa sócio-antropológica” para esta ação foi construída uma ficha com os então presentes na escola, esta ficha diagnóstica seria aplicada pelas professoras articuladoras coordenadoras e de sala de recurso, os dados desta ficha contribuíram para conhecer especificamente os alunos e suas famílias suas reais necessidade e anseios para com a escola. Segundo relato da diretora professora Vanda este trabalho envolveu mais de 730 alunos e suas famílias propiciando assim uma ação educacional mais objetiva, o tempo de duração desta atividade foi de aproximadamente 42 dias. Esta ação se justifica pois o objetivo deste documento e planejar da melhor forma atendimento a cada comunidade escolar. Segundo as gestoras esta pesquisa apontou também situações de risco em que viviam alguns alunos possibilitando buscar em órgãos competentes apoio para a resolução destes problemas.
Outra ação importante para a construção do documento foi dividir em grupos por segmento já de posse dos questionários do sistema, para que cada segmento segundo suas especificidades refletissem e respondessem as questões. Esta ação aconteceu em momentos diversos como reuniões com pais, reuniões pedagógicas e em Sala do Educador. Os grupos empenhavam-se em buscar orientações para solução de conflitos, apontavam possíveis metodologias de trabalho e forma de avaliação sem perder de vista que sendo esta escola de ensino Fundamental a Organização por Ciclos de Formação Humana sustentaria a prática pedagógica da escola.
Os pais e alunos colaboraram com a re-elaboração do regimento escolar sendo agendado momentos de estudo por grupo de alunos de aproximadamente três turmas e socialização das decisões no grande grupo no refeitório da escola. A medida que ia aparecendo no telão as reformulações os envolvidos tinham voz para comentar ou justificar caso as mudanças não fossem pertinentes.
Quanto as reuniões com os pais o foco estava no entendimento sobre a organização curricular por Ciclos de Formação Humana, quais seu embasamento e suas contribuições para a aprendizagem dos estudantes, os pais também contribuíram no sentido de sugerir adequação do espaço físico bem como de seu mobiliário para maior conforto dos estudantes, com isto em mente foi possível identificar em quais ações seriam investidos os recursos previstos para esta escola.
Nas ações acima sitadas as Gestoras bem como articuladoras tomaram a dianteira em agendar datas e organizar os encontros bem como materiais para os trabalhos, foi também organizado uma comissão de sistematização dos dados no sistema tendo a secretária com apoio do Conselho Deliberativo para registrar as ações financiáveis, e as coordenadoras articuladoras e uma professora para sistematizar a parte pedagógica no sistema.
Até o momento já estão lançadas no sistema as ações financiáveis, questões sobre o ambiente educativo o marco situacional, o marco teórico dentre outros, sendo que o marco teórico buscou nos encontros de formação continuada do projeto sala do educador bem como em outras formações oferecidas pelo Cefapro apoio para esta construção. Vimos que a escola tem bem firme sua Concepção Sócio-interacionista de educação, promovendo a Educação de Qualidade que esta comunidade escolar de fato anseia. Segundo relato da coordenadora Sonia este trabalho que iniciou-se em fevereiro de 2011 foi tomando força e agora no mês de agosto já se pode conhecer um pouco mais a comunidade e as ações pedagógicas a ela oferecidas, disse também que embora este trabalho seja árduo tem sido um grande prazer realiza-lo, pois com o diagnóstico elaborado nestes estudos foi possível buscar parcerias para atender a demanda pedagógica e social desta comunidade.
Parabéns a todos os envolvidos neste processo, isto é de fato Gestão Democrática.
Sara Cristina/Cefapro-Sinop-MT.

Nenhum comentário: